Publicado em:quarta-feira, 9 de maio de 2018
Postado por Josimar Nunes

Servidores em Itapajé são suspeitos de alterar notas de alunos para atrair mais verbas públicas

De acordo com o delegado André Firmino, "as notas estavam sendo alteradas, de maneira que não deveriam haver alunos reprovados" ( Foto: Thiago Gadelha )
A Delegacia Municipal de Itapajé deflagrou a Operação "Educação do Mal" na manhã desta quarta-feira (9), que mira servidores da Secretaria Municipal de Educação da cidade do Norte do Estado do Ceará.
As investigações apontam para pelo menos quatro funcionários da Pasta municipal que fraudavam sistemas onde são armazenadas as notas dos alunos da Escola Municipal Padre Manuel Lima e Silva. A apuração apontou que os estudantes, mesmo com rendimento abaixo da média e até reprovações, eram aprovados com notas altas no sistema escolar. 
Mandados de busca e apreensão foram cumpridos na escola alvo da operação; na ocasião, foram sequestrados computadores, boletins e diários de classe dos alunos da escola relativos a 2017. De acordo com o delegado André Firmino, titular da Delegacia Municipal de Itapajé, "as notas estavam sendo alteradas, de maneira que não deveriam haver alunos reprovados".
A investigação começou há cinco meses a partir de uma denúncia anônima e seguia em segredo de Justiça. Durante esse período, diversos professores foram entrevistados, bem como familiares e servidores da Secretaria Municipal do Município.
Segundo André Firmino, as notas dos alunos eram alteradas para constar como positivas no Sistema Permanente de Avaliação da Educação Básica do Ceará (SPAECE), pertencente ao Governo do Estado, e no cadastro do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). “Eles maquiavam os dados dos alunos, para conseguir mais recursos públicos. Temos informações de estudantes que sequer fizeram provas e, mesmo assim, foram aprovados”, disse
Os servidores da Secretaria Municipal de Educação são investigados pelos crimes de associação criminosa, inserção de dados falsos em sistema de dados da administração pública, prevaricação, condescendência criminosa e exercício funcional ilegalmente antecipado ou prolongado.

Postado por Josimar Nunes on 22:27. Tópicos , .

0 comentários for "Servidores em Itapajé são suspeitos de alterar notas de alunos para atrair mais verbas públicas"

ESPAÇO FEMININO

Total de Acessos

TUPPERWARE

TUPPERWARE

Mural de recados

Mais acessadas

LEIA A BÍBLIA