Publicado em:terça-feira, 26 de setembro de 2017
Postado por Josimar Nunes

Trecho da CE-163, que dá acesso acesso as praias em Trairi, segue danificado

O Departamento Estadual de Rodovias (DER) informou, ontem, que as obras de recuperação da Rodovia CE-163, em Trairi, no Litoral Oeste do Ceará, e a 128Km de Fortaleza, deverão iniciar no próximo mês. A rodovia foi danificada em dois trechos pelo rompimento de um reservatório particular, que abriu crateras e cortou ao meio dois trechos, no dia 19 de abril passado. O fato se deu em consequência das fortes chuvas caídas naquela região.
Desde o rompimento até agora, o DER, improvisou dois desvios em estrada de piçarra, para não deixar isoladas as praias de Mundaú, Flecheiras e Guajiru. No entanto, é a comunidade local que mais tem sofrido com a demora na normalização da via. O rompimento aconteceu na propriedade pertencente à empresa Unique, que cultiva coqueiros. Na ocasião, o supervisor Marciano Cruz informou que a empresa iria avaliar o acidente, que classificou como "uma tragédia".
O presidente da Associação dos Hotéis e Pousadas de Trairi (AHPT), José Paiva, disse que desde abril, o trade local não recebeu nenhuma visita ou informação das providências que seriam tomadas. "Até hoje ainda sofremos com esse episódio, haja vista que muitos turistas ainda ficam receosos de nos visitar", afirmou Paiva, que é dono de pousada em Flecheiras.
Paiva lembrou que atua há mais de 30 anos na atividade e, junto com outros empreendedores, participou ativamente do incremento do turismo no Município, incluindo a participação em feiras e eventos no Brasil e exterior. "O nosso intuito é divulgar nosso destino que, progressivamente, conseguimos alavancar, tornando Flecheiras um dos principais destinos turísticos do Estado, além de proporcionar mais de 1.500 empregos diretos e indiretos", afirmou o empresário.
O radialista Sabá Vieira afirma que há uma grande apreensão de que o cronograma para início da obra sofra algum impedimento. Ele manifestou uma preocupação que tem sido recorrente em seus ouvintes, com relação ao fato de que somente as eleições de 2018 poderão agilizar os serviços, retomar a qualidade de vida para os moradores locais e facilitar o acesso.
Histórico
O arrombamento de um açude nas redondezas ocasionou o rompimento da estrada de acesso a Trairi, Flecheiras, Canaã e Mundaú, causando uma série de prejuízos aos comerciante destes destinos, bem como à população, que ficou sem acesso a hospitais, escolas e outros serviços que somente são oferecidos na sede. Demorou quase uma semana a conclusão do desvio, que permanece até esta data.
"Deve-se frisar que o fato ocorreu às vésperas de dois feriados prolongados (21 de abril e 1 de maio), proporcionando o cancelamento de quase 100% das reservas já efetivadas. O prejuízo, somente em nosso caso, foi de mais de R$ 80.000", afirmou Paiva. Apesar das medidas tomadas pelo poder público, houve também muita indignação manifestada por empreendedores particulares instalados no Município. As perdas foram muitas, já que a força das águas arrastou tanto a vegetação, quanto motores e objetos de sítios e fazendas.
*Diário do Nordeste

Postado por Josimar Nunes on 12:45. Tópicos , .

0 comentários for "Trecho da CE-163, que dá acesso acesso as praias em Trairi, segue danificado"

ESPAÇO FEMININO

Total de Acessos

Mural de recados

ANUNCIE CONOSCO

ANUNCIE CONOSCO
Farmácia Leve Mais

Mais acessadas

LEIA A BÍBLIA