Publicado em:terça-feira, 12 de setembro de 2017
Postado por Josimar Nunes

Professores de Canindé discutem proposta de repasse dos precatórios do Fundef

Os professores da rede pública municipal de Canindé se reúnem na manhã desta segunda-feira (11) em Assembléia Geral Extraordinária, a partir das 8 horas, para apreciarem o acordo do precatório do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) proposto pela administração municipal.
De acordo com professores da rede municipal de Educação o governo federal repassou R$ 90 milhões para o Município. O valor trata-se da reparação financeira respectiva ao período de 1999 a 2006, efetuada a menos por aluno na sala de aula. Desse total, 40% são destinados à reposição de equipamentos e o restante para os professores.
A gestão municipal anterior havia firmado acordo para o pagamento dos precatórios do Fundef, todavia, no último pleito eleitoral o Município passou a contar com nova gestão, a prefeita Rozário Ximenes. O acordo não foi cumprido e os professores, em grupos, ingressaram com ações na Justiça, que acabou determinando o acordo entre as partes.
Em divulgação feita no site do Sindicato dos Servidores Públicos de Canindé (Sindsec) a presidente Aurenice Santiago informou que o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) bloqueou os 40% pertencentes à prefeitura. Em razão do bloqueio a prefeita Rozário Ximenes questiona na Justiça o repasse dos precatórios para os professores.
Ainda conforme a líder sindical, desde o dia 22 de agosto os professores estão em greve por atraso no pagamento dos salários. A prefeitura atribui o atraso à gestão municipal anterior e também os descontos efetuados pelo governo federal.

Postado por Josimar Nunes on 21:31. Tópicos , .

0 comentários for "Professores de Canindé discutem proposta de repasse dos precatórios do Fundef"

ESPAÇO FEMININO

Total de Acessos

Mural de recados

ANUNCIE CONOSCO

ANUNCIE CONOSCO
Farmácia Leve Mais

Mais acessadas

LEIA A BÍBLIA