Publicado em:quinta-feira, 30 de março de 2017
Postado por Josimar Nunes

Investigação do rapto de menina de 4 anos continua sem solução


Bombeiros e policiais fazem buscas próximo ao rio Cocó (Foto: Fábio Lima/O POVO)

A menina Débora Lohany de Oliveira, 4, continua desaparecida e ainda não há informações sobre o paradeiro dela. A Secretaria da segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou nesta quarta-feira, 29, que as investigações continuam e as forças de segurança seguem trabalhando para localizar a menina e suspeitos de rapto.
Nas redes sociais, circulava nesta manhã um boato de que o corpo da criança havia sido encontrado, mas a SSPDS não confirmou nada relacionado a isso.
A menina brincava na calçada da avenida Raul Barbosa e, por volta das 20h4min, não foi mais encontrada. Vizinhos chegaram a dizer que ela foi levada por um homem, e a mãe ajudou a confeccionar retrato falado do suposto sequestrador, na tarde dessa terça-feira, 28, na Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa).
De acordo com a Polícia Civil, o suspeito seria conhecido na região. No entanto, detalhes não estão sendo repassados para não atrapalhar as investigações.
Um homem chegou a ser encaminhado à Dececa, na tarde dessa terça, mas foi liberado após prestar depoimento na condição de testemunha. Na manhã desta quarta, um outro homem, deficiente físico, também foi ouvido na delegacia e liberado, conforme O POVO apurou.
A secretaria diz que a busca conta com equipes do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), da Companhia de Policiamento com Cães (CPCães) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque), e do Policiamento Ostensivo Geral e do Ronda da área; além de bombeiros da Seção de Buscas e Resgates de Salvamento com Cães e da guarnição de Salvamentos 1; e servidores da Ciopaer, que realizam sobrevoos na região.
As investigações sobre o caso estão a cargo do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da Polícia Civil. O POVO Online telefonou para a mãe da criança na manhã de hoje, mas as ligações não foram atendidas.
Fonte: O Povo

Postado por Josimar Nunes on 22:05. Tópicos .

0 comentários for "Investigação do rapto de menina de 4 anos continua sem solução"

ESPAÇO FEMININO

Total de Acessos

TUPPERWARE

TUPPERWARE

Mural de recados

Mais acessadas

LEIA A BÍBLIA