Publicado em:segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017
Postado por Josimar Nunes

Média do mês é atingida com as chuvas do fim de semana

Fortaleza/Iguatu/Quixadá. Como previsto pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), na sexta-feira (17), o Ceará atingiu a média mensal de chuvas para fevereiro com as precipitações deste fim de semana. Na manhã de ontem, o volume alcançou 127,8mm, desvio positivo de 7,8% da média histórica de 118,6 mm. Isso não acontecia desde 2012. De lá para cá, os registros não foram animadores, com índices negativos que colaboravam com o quadro de seca. No ano passado, choveu apenas 53,2 mm (-55,2%). Em 2015 e 2014, apesar de maiores quantidades em relação a 2016, 96,3mm e 91,9mm, os desvios continuaram negativos (-18,9% e -22,5%, respectivamente). Em 2013, o número também foi baixo, apenas 61,6mm (-48,1%).

Em janeiro deste ano, porém, o registro não foi satisfatório. As precipitações (68 mm) não atingiram a média de 98,7mm normal para o mês, resultando em um desvio negativo de 31,1%. Em 2016 havia sido melhor, quando choveu 191,8mm, fato que não se repetiu nos anos anteriores, em que o mês também fez registros abaixo da média.

Com o saldo positivo deste fevereiro de 2017, no entanto, o Estado pode ultrapassar os 138,1mm (16,4%) de 2012 referente a este período, já que ainda estamos no penúltimo fim de semana do mês. Com a condição de nebulosidade variável ao longo do dia, a expectativa para esta segunda-feira (20) e terça-feira (21) é de que continue chovendo em todas as regiões do Estado, com destaque para a região Centro-Norte nos próximos dias, como ressalta o meteorologista da Funceme, Raul Fritz.

Segundo destaca, a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), principal indutor das precipitações no Ceará durante a quadra chuvosa, se mantém numa posição favorável à continuidade das chuvas, mas deve ser observada nos próximos dias. "Ela se inclinou mais e isso foi bom, mas tende, com o tempo, a perder um pouco essa inclinação. Ou seja, como ela oscila, é possível que as chuvas possam diminuir se ela se inclinar e ficar paralela à costa. Nessa posição, a influência é maior na região litorânea e começam a diminuir as chuvas do Centro para o Sul".

Das 7h de sábado às 7h de domingo, a Funceme registrou precipitações em 40 municípios, com destaque para o Cariri e Centro-Sul: Cedro (45mm), Lavras da Mangabeira (42mm) e Orós (42mm). Fortaleza registrou apenas 24.4 mm.

Nesta terça-feira (21), a Funceme divulgará o novo prognóstico da quadra chuvosa no Estado, referente ao trimestre março/abril/maio. "Vamos utilizar um quadro mais recente porque houve mudanças nas condições do Oceano. O La Niña deixou de existir completamente. O Atlântico não está tão favorável à condição de chuvas intensas e estamos dependendo de respostas de alguns modelos para saber se continua a maior probabilidade de chuvas dentro da média ou se vai cair", explica Fritz.

Fonte: Diário do Nordeste

Postado por Josimar Nunes on 17:00. Tópicos , .

0 comentários for "Média do mês é atingida com as chuvas do fim de semana"

ESPAÇO FEMININO

Total de Acessos

Mural de recados

ALUGA-SE CASA

ALUGA-SE CASA
No Centro de Umirim/Contato: (85) 9 9953-7507

ANUNCIE CONOSCO

ANUNCIE CONOSCO
Farmácia Leve Mais

Mais acessadas

LEIA A BÍBLIA