Publicado em:sexta-feira, 22 de junho de 2012
Postado por Josimar Nunes

Prefeito de Ipu está preso no Corpo de Bombeiros

O prefeito de Ipu, Sávio Pontes (PMDB) já está preso na sede do Corpo de Bombeiros, no bairro Jacarecanga, em Fortaleza. Ele se apresentou nesta quinta-feira (21) à Polícia depois de seis dias foragidos. Sávio Pontes é acusado de desviar R$ 3,1 milhões oriundos de convênio com a Secretaria das Cidades e destinados à construção de banheiros populares.
Desde a última sexta-feira (15), quando teve a prisão preventiva decretada, o advogado do prefeito, Flávio Jacinto, havia anunciado que ele se entregaria à Polícia na segunda-feira. O advogado ganhou tempo para dar entrada com um pedido de habeas corpus preventivo que, no entanto,  não foi emitido até esta quinta-feira.
 
Sávio Pontes teve a prisão decretada juntamente com outras sete pessoas, entre funcionários públicos de Fortaleza e de Ipu. Nesta sexta-feira (22), o desembargador Francisco Darival Beserra vai decidir se o prefeito deve continuar preso na sede do Corpo de Bombeiros ou será transferido para a Delegacia de Capturas, onde outras cinco pessoas suspeitas de participação no esquema do "escândalo dos banheiros" estão detidas.
 
Apesar do convênio firmado com a Secretaria das Cidades, do Governo do Estado, a Prefeitura de Ipu não construiu os banheiros para a população carente ou foram entregues parcialmente.
 
Jurandir Santiago
 
O dinheiro para as obras foi repassado por Jurandir Santiago, que na ocasião era secretário adjunto. Jurandir Santiago foi denunciado como participante do esquema. O Ministério Público constatou que R$ 100 mil da verba destinada à compra de kits sanitários foram parar na conta de um posto de gasolina, do qual Jurandir Santiago era sócio juntamente com a ex-mulher, Silvia Marta Rubens Bezerra,  e o engenheiro civil da Prefeitura de Ipu, Tácito Guimarães de Carvalho, que se encontra preso. Nessa quarta-feira (20), ele renunciou ao cargo de presidente do Banco do Nordeste do Brasil e constituiu advogado para preparara sua defesa.
 
Ex-presidente do TCE
 
As primeiras denúncias que vieram a pública estavam relacionadas ao município de Pindoretama. O Ministério Público Estadual apurou que o ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado, Teodorico Menezes, estaria no comando do desvio de verbas destinadas à construção de banheiros públicos. Para isso, contava com uma rede de associações comunitárias comandadas por aliados políticos. O dinheiro teria sido usado ainda na campanha de reeleição do filho, o deputado estadual Téo Menezes.
 
Teodorico foi afastado do cargo pelos conselheiros do TCE e em seguida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que também determninou a quebra de sigilos bancário e fiscal.
 
Fonte: Cnews

Postado por Josimar Nunes on 11:18. Tópicos .

0 comentários for "Prefeito de Ipu está preso no Corpo de Bombeiros"

Total de Acessos

Mural de recados